quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

FELIZ ANO NOVO!! Muita Champagne na virada...

Que no ano que chega as tristezas sejam esquecidas, a felicidade exaltada e as alegrias alimentadas. Que o amor seja a tônica da vez e a paz encontre lugar nas almas da terra. Que a saúde alcance todos, e a fé embriague nossas almas reforçando a crença de que nossos sonhos serão realizados.

                      Feliz 2011 a nós todos!!!

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

E em final de ano, em tempos de recesso forense, temos que beber pra esquecer, principalmente se estamos a espera de algum julgamento......


Justiça tardia é arremedo de Justiça, é falta de competência, é atropelo a dignidade da pessoa humana.

Pior que a Justiça tardia é a Justiça cara, que além de lenta é onerosa para o contribuinte, que paga por um serviço moroso e de consequência injusto.

sábado, 25 de dezembro de 2010

E viva o Natal!!!

Em dia de Natal é bom dedicarmos um tempo a reflexão, para contabilizarmos nossos erros e acertos ao longo do ano, e principalmente, para inundarmos nossa alma de um propósito de renovação e aprimoramento pessoal como meta para o ano vindouro, embasado em sentimentos cristãos. Que o menino Jesus ilumine com o seu nascimento todos os lares do planeta. Feliz Natal a todos!!!

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

E vamos tomar todas pra renascer a paciência perdida...



Quando percebemos que a paciência nos falta, o melhor a fazer é nos afastarmos de quem a tem nos tirado...

Cada um tem seu papel nessa vida, eu ainda estou procurando o meu. Uma certeza eu tenho, não se encontra onde estou atualmente...

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Tomando uma pelos inimigos...



Orar pelos inimigos é o primeiro passo para vencê-los.


O inimigo só tem poder sobre nós quando conferimos a ele o espaço para exercê-lo.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

E a família...

A família é berço de provações e alegrias.

Não há repouso melhor do que o encontrado no sorriso e no colo de um filho.

Após as atribulações do dia, o porto seguro são os braços da família.

Para aplacar as dores da alma atingida pelos males dos incautos com os sentimentos alheios, resta o conforto familiar, o retorno ao lar, como ambiente necessariamente de equilíbrio e satisfação, sob pena de contribuir para disseminação do mal.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Desabafo de um pai...

    Quando eu me deparo com um filho que despreza meu amor, minha atenção, meu carinho, e tudo o que já fiz na vida por ele, coloco em cheque minhas próprias convicções pessoais acerca do bem e do mal, do certo e do errado, do ser e do não ser. Vejo nessa ação a preponderância do mal, do egoísmo, da imprudência, nutridos por algumas pessoas dignas da mais profunda piedade, por não terem o que compartilhar com os outros, exceto o mal, o que nunca foi o caso dele. A vida perde um pouco o sentido, a essência, por não conseguir encontrar o ponto em que errei. Talvez tenha amado demais, corrido atrás demais, querido demais sua presença, sofrido demais pela distância e ausência, e demais também, acreditado que tudo isso seria possível somente amando com devoção, a ponto de enxergar não somente as virtudes, mas principalmente os defeitos, com o fim de auxiliar a corrigi-los enquanto havia tempo. O destempero de sua ação, mostra que bebeu do veneno que eu mais temia, tornando meu maior medo realidade. Não quero crer no momento, como prefaciam os espíritas, que os semelhantes se atraem, por ainda não aceitar sua semelhança com os valores que mais abomino na vida. Ainda me resta a fé, abalada, mas não destruída, de que os olhos vendados possam ser despidos do véu negro, enxergando um facho de luz que seja, para como centelha trazer a inspiração necessária, que lhe permita visualizar o mal que propaga com seu silêncio, frieza e insensatez, como quem não importa com o próximo e se faz de dono da verdade, sem aceitar opinião contrária, mas que precisa deixar a sombra e romper em direção da luz para alcançar o esclarecimento e vislumbrar a verdade da vida... Não foi esse o filho que levei para distribuir sopa aos moradores de rua, para dividir o leite com os mais necessitados, para partilhar o pão com os famintos em muitas madrugadas. Não foi esse filho que vi crescer me acompanhando nos poucos finais de semana e parte das férias em que podia tê-lo em companhia, nos passeios ao Zoológico, ao Mutirama, na primeira viagem de avião, nos mergulhos de mãos dadas no mar, no voo de helicóptero pelo Rio de Janeiro, nas festas de aniversário com duplas sertanejas, nas festas escolares, nas centenas de momentos que lutei para que se tornassem únicos e inesquecíveis... Não é a mesma pessoa que me vira as costas agora. Algo aconteceu e se sou culpado foi por amar com sinceridade, e não cobrar nada por isso... Ao contrário daqueles que cobram propagando que abandonaram a vida pela cria, nunca abandonei a minha, pois minha cria sempre fez parte dela. Ao contrário daqueles que afirmam que não refazem sua vida afetiva por ficarem com os filhos após a separação, eu refiz a minha e assim o faria mesmo se tivesse ficado com o filho na minha guarda, porque a minha vida é a vida dele e vice-versa. Ao contrário de quem culpa Deus e o mundo por sua infelicidade, eu os exalto pela oportunidade de crescer que está me proporcionando, na esperança imortal de que a luz resplandecerá, permitindo o esclarecimento a quem se vê transtornado pela incerteza semeada no coração, que um dia será aplacada quando a verdade lhe arrancar a venda que não lhe permite enxergar com clareza o que ocorre à sua volta... E que assim seja!

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

E continuando a pensar no mundo empresarial...

 
1. O sucesso no mundo empresarial está em antever os rumos do mercado e investir nos filões que surgem, não desprezando uma boa consultoria.

2. Reunião sem pauta é o mesmo que tocar gado sem rumo.

sábado, 4 de dezembro de 2010

E curando a ressaca de uma noite no "Piquiras"...



1. O bom empresário é aquele que tem o empregado como parceiro e o concorrente como estímulo ao aprimoramento...

2. O empreendedor tem sucesso por acreditar em suas ideias, sem deixar de ouvir as dos outros...

3. Todo negócio em que exista dúvida sobre o sucesso de sua conclusão, demonstra de início que o que não começa bem sempre tende a acabar mal... 

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Nada melhor que falar mal da vida alheia enquanto se degusta uma boa cerveja Belga (Duvel). E para os fofoqueiros de plantão...

1. Normalmente, quem não tem controle sobre a língua, sofre da necessidade de ser o portador de notícias em primeira mão, sejam elas verdadeiras ou não, importando somente chegar na frente, sem se preocupar com o estrago que possam causar...

2. O fofoqueiro é um jornalista que não deu certo...

3. Quem se preocupa com a vida dos outros, normalmente esquece de gerir a própria... 

                                    E serve mais uma garçon!!!!  

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

E continuando a apreciar uma Erdinger...



A melhor forma de entender as pessoas é compreendendo suas limitações.

O difícil de tudo é que temos as nossas também...

domingo, 28 de novembro de 2010

E pensando na vida boa ao lado de outra Erdinger...


1. A tarefa mais difícil na vida é viver do ócio...

2. Ficar sem fazer nada é um trabalho grandioso, desde que aproveitemos o tempo para ao menos uma higiene mental...

3. Não há como ficar à toa. Mesmo parados estamos pensando e de consequência produzindo, ainda que algo inútil...  

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Vamos abrir uma conta nova e degustar uma Erdinger! Hummmmm!!!

1. O desprezo de quem amamos é alimento ao nosso crescimento e aprimoramento pessoal...

2. A ignorância expressa no sentimento egoístico nutrido, é fruto da ausência de sabedoria...


3. O que se espera do amor devotado, é quando muito, a retribuição parcial dele...

4. Amar sem ser amado é coisa pra monge... 


quarta-feira, 24 de novembro de 2010

E a fé de botequim...

1. Esperar tudo de todos no mundo de hoje é normal, mas o ideal é esperar o bem de quem nos rodeia, o que vem se tornando raro...
2. Quando percebo que alguém se preocupa comigo me sinto mais vivo...
3. Não adianta propalar que acredita em Deus se não tem amor ao próximo...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

E tomando uma e exercitando a paciência...

1. Ter paciência não é somente uma virtude, mas um exercício diário de sabedoria.

2. Cada ser humano tem o seu tempo para compreender as situações que a vida lhe impõe. O respeito a esse tempo, é também, o reconhecimento do seu próprio tempo de compreensão e assimilação das condições pessoais do outro e das situações que lhe afligem.  

sábado, 20 de novembro de 2010

Começando o final de semana com uma Cerpa gelada...

Uns vão,
outros vem,
uns chegam, 
outros saem,
uns com motivo,
outros não,
uns comemoram,
outros choram...
E vamos beber...Salve, salve!!

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Novamente em companhia de Jung, e abrindo uma Baden Baden para acompanhar a prosa...

1. Nascemos folha de papel em branco e morremos cheios de escritas de diversas caligrafias, as quais, representam todos aqueles que passaram por nós e deixaram alguma mensagem, boa ou ruim.

2. Alguns contribuem positivamente para a construção da personalidade dos filhos, outros são responsáveis por sua implosão.

3. É visível que os filhos são o nítido reflexo dos familiares mais próximos, com suas virtudes e seus defeitos. Aqueles que se acham acima dessa verdade e negam sua influência, demonstram que não conhecem a si próprios.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Pra rir um pouco dos males que me cercam...


Quem tem gota vai a Roma...
 
De boca fechada se preserva os dentes...

 
Quem fala muito pensa pouco...

E abrindo mais uma cerva depois do final de semana prolongado...Pensei!

1. Quem não quer escutar não deve pedir opinião.

2. Para uns a vida é um aprendizado, para outros uma verdadeira feira de horrores.

3. Não adianta insistir em educar com palavras, os exemplos é que dizem tudo o que se quer ouvir.

4. É melhor a autocrítica que o dedos sujos dos outros voltados para nós.

domingo, 14 de novembro de 2010

E filosofando sobre o amor, a felicidade e a boa cerveja...

1. Amor não se compra em botequim, se conquista com dedicação, paciência, devoção, e se perde facilmente com o desprezo.



2. Somos todos pequenos pedaços da personalidade de cada um que ao longo da vida passou por nós, deixando suas marcas, pena que alguns deixam extensas cicatrizes e com queloide, para as quais não há cirurgia plástica que resolva.



3. O caminho para a felicidade está no encarar a vida de modo simples, sem a ganância que nos rodeia e oprime ao consumo.


sexta-feira, 12 de novembro de 2010

NOTÍCIA: Hoje a dupla Wesley & Jean recebe o prêmio Pequi de dupla revelação 2010



Meus parabéns aos amigos Wesley e Jean pela premiação recebida. Que o sucesso seja o guia de vocês...grande abraço!

(www.wesleyejean.com.br)

Vamos trocar os copos e degustar uma Stella Artois

1. Não se alimenta a alma com ódio, ganância, inveja e avareza, que são as fezes dos maus espíritos, mas com o amor, verdadeiro manjar dos deuses. E vamos amar uns aos outros...

2. Ignorar um ente querido sem motivo, é matá-lo sem que efetivamente ele morra.

3. Quem contribuí para o egoísmo do outro é cego da alma e pobre do coração.

4. A maldade não é nata, mas forjada por quem lhe detém a fôrma.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Vamos beber aos amigos...

1. As grandes amizades não são medidas pelo tempo de conhecimento, mas pela empatia sincera. 
 
2. Quem tem amigos amealhou a maior fortuna que um ser humano pode almejar.

3. Entre amigos não há inveja, somente desejo de prosperidade mútua.


4. Quando um amigo lhe estende a mão, está lhe oferecendo um pedaço de sua alma, e não somente um apoio ou socorro.

5. Sem amizades não se tem sucesso, alegria e prazer.

6. Se todos fôssemos amigos uns dos outros, o mundo seria melhor, mais próspero, justo e solidário.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Quem é esse tal de Carl Gustav Jung? Algum cervejeiro?

Carl Gustav Jung foi um dos maiores estudiosos da vida interior do homem e tomou a si mesmo como matéria prima de suas descobertas - suas experiências e suas emoções estão descritas no livro "C. G. Jung - Memórias, Sonhos e Pensamentos".

Filho de um pastor protestante, Carl Gustav Jung, ainda pequeno, mudou-se para a cidade da Basiléia, na época um dos maiores centros de cultura da Europa. Lá realizou seus primeiros estudos. Formou-se em medicina pela Universidade da Basiléia, no ano de 1900, iniciando a seguir sua vida profissional no hospital psiquiátrico Burgholzi, em Zurique. Dois anos depois casou-se com Emma Rauschenbach, com quem teria cinco filhos.

Em 1903 publicou sua primeira obra, "Psicologia e Patologia dos Fenômenos ditos Ocultos", fruto de sua tese de doutoramento. Publicou nos anos seguintes mais três trabalhos, relacionadas à descoberta dos complexos afetivos e das significações nos sintomas das psicoses. Em 1905 tornou-se livre docente na Universidade de Zurique.

Em 1907 Jung visitou Sigmund Freud, o criador da psicanálise, em Viena, iniciando uma estreita colaboração com o mestre, que se mostrou impressionado com o talento do jovem discípulo. Os dois viajaram juntos aos Estados Unidos em 1909, proferindo palestras num centro de pesquisas. Em 1910 foi fundada a "Associação Psicanalítica Internacional", da qual Jung foi eleito presidente.

No entanto, em 1912, as primeiras divergências entre Jung e Freud começaram a aparecer, logo se tornando inconciliáveis. A partir do rompimento com Freud, o analista suíço vivenciou um período de depressão e introversão, que o levou a trilhar seu próprio caminho no campo da psicologia.

Em 1917, Jung publicou seus estudos sobre o inconsciente coletivo no livro "A Psicologia do Inconsciente" e, em 1920, apresentou os conceitos de introversão e extroversão na obra "Tipos Psicológicos". A partir daí, Jung construiu as bases da psicologia analítica, desenvolvendo a teoria dos arquétipos e incorporando conhecimentos das religiões orientais, da alquimia e da mitologia.

Sua produtiva carreira se materializou na publicação de dezenas de estudos, trabalhos, seminários e outras obras. Já octogenário, reuniu em livro as memórias de toda a sua vida. Carl Gustav Jung morreu aos 85 anos, como um dos mais influentes pensadores do século 20. (http://www.netsaber.com.br/biografias/ver_biografia_c_531.html)

ALGUMAS FRASES DE JUNG:

"Todos nós nascemos originais e morremos cópias".

"Onde o amor impera, não há desejo de poder; e onde o poder predomina, há falta de amor. Um é a sombra do outro".

"Uns sapatos que ficam bem numa pessoa são pequenos para uma outra; não existe uma receita para a vida que sirva para todos".

"Erros são, no final das contas, fundamentos da verdade. Se um homem não sabe o que uma coisa é, já é um avanço do conhecimento saber o que ela não é".

"Aquilo a que você resiste, persiste."

"O sofrimento precisa ser superado, e o único meio de superá-lo é suportando-o".

"Tudo que nos irrita nos outros pode nos levar a um melhor conhecimento de nós mesmos".

"Só em nós mesmos podemos mudar alguma coisa; nos outros é uma tarefa quase impossível".

Certamente ele era e continua sendo um gênio....
 

Continuando na companhia de Carl Gustav Jung...

1. Ignorar o outro como forma de solução de um problema é o mesmo que se acovardar diante da luta. A solução jamais virá, como também a sensação de haver lutado. 
 
2. Tapar os olhos com a mãos para tentar não ver os problemas é simplesmente enganar a si próprio.

3. É comodo para quem vive semeando a maldade querer atribuir a terceiros os problemas que vivencia, pois é única forma de se sentir bom o bastante para poder se olhar no espelho.

4. A falsidade, como a maldade, para uns é tão natural que assusta os mais incrédulos. 

5. Burro é aquele que não quer resolver o problema que lhe salta aos olhos, pois a espera e a inércia o tornará sem solução.

6. O egoísmo não observado por quem o alimenta, por vezes é a causa de muitos problemas daquele que não sabe compartilhar do amor do próximo.
 

domingo, 7 de novembro de 2010

FILOSOFANDO EM COMPANHIA DE JUNG...

1. A maldade em algumas pessoas está tão ligada a seu ego, que torna-se natural e instintiva a sua prática, como a de quem bebe um copo com água.

2. Pessoas que sofrem e fazem os outros sofrer, normalmente preferem atribuir a causa de seu sofrimento a carências afetivas, desilusões amorosas, que desaguam em uma nítida disfunção social, culpando tudo e a todos pelo seu sofrimento, como forma de enganar a si própria e não buscar a solução nas causas que se escondem dentro de si.

3. A loucura não é viral, mas pode ser transmitida.

sábado, 6 de novembro de 2010

PRA AGUENTAR AS "PINGA" TEM QUE TER SACO GR...




1. Tem gente que reclama de barriga cheia, quero ver se um dia ficar vazia. Como será?



2. Sorte é quando ninguém nos enche o saco. E azar é quando o saco estoura. 

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Após uma dose da cachaça Nêga Fulô, pensei um pouco sobre os amigos e amigas casados, que estão prestes a casar ou são solteiros, e conclui...

1. Ninguém casa somente com o companheiro ou companheira, leva de brinde as respectivas famílias.

2. Quem resolve enxergar os defeitos notórios do cônjuge somente após o casamento, não pode alegar vício redibitório e pleitear a devolução do “produto”.

3. No casamento, como nos demais negócios jurídicos, o acessório (sogro, sogra, cunhado, cunhada, concunhado e concunhada, etc.), segue o principal (esposo e esposa).

4. No casamento existem mais motivos para se separar do que para continuar a viver junto, o caminho a escolher depende do desprendimento de cada um.

5. Vida de solteiro é de um rei, e a de casado de um plebeu comandado por uma plebeia que se acha rainha.

6. Esposa que briga com a sogra não ganha uma inimiga, pior, ganha uma concorrente.
Se manter casado é fácil, difícil é não divergir no casamento.

7. Em briga de nora com sogra, o marido/filho não mete a colher, mas fornece o extintor para apagar o incêndio.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Enquanto isso... No retorno de finados...

 
1. Algumas pessoas insistem em dar valor ao amor devotado somente após perdê-lo.

2. A mesma magia com a qual se conquista o amor as vezes se perde por ações inconsequentes.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Pra matar a saudade dos tempos de poeta....

                                                                                                       PIRENÓPOLIS

A chuva era embalada por uma suave brisa,
e o silêncio invadiu o quarto.
A rede balançava na varanda,
e o céu embruscado era iluminado por relâmpagos
que cortavam a escuridão da noite Pirenopolina.
Não havia energia,
e o breu dominava todo o ambiente.
O cheiro orvalhado das plantas molhadas
invadia as narinas afinadas do seresteiro,
que dedilhando o violão,
rompia o silêncio e a escuridão,
com uma suave composição
dedicada ao tesouro que é essa terra.
Falava das serestas,
da Igreja Matriz e do Bonfim,
pincelava as Cavalhadas,
dizia das cachoeiras,
de sua deslumbrante natureza
abençoada por Deus,
que lhe proporcionou tamanha beleza,
traçada nos casarões antigos
que compõem a Rua Direita,
desaguando de forma feliz
na lateral da Igreja Matriz.
Dizia ainda da Rua Aurora,
que ao raiar do dia,
recebe em seu leito
os primeiros raios de sol,
enquanto na Rua do Rosário,
os bares são fechados,
tomados por turistas,
boêmios e artistas,
colorindo a cidade
que a todo coração conquista,
sempre deixando lembranças,
a todos que no Rio das almas se lançam,
para sentir no corpo suas águas frias,
que contrariam a forma calorosa
e cheia de magia,
com que o povo de Pirenópolis,
recebe a todos em seu dia a dia.

A ressaca do efeito Dilma...


1. A revolta não resolve problemas, somente os acirra ainda mais.

2. O esforço é parte do caminho para vitória.

3. Problemas em nossas vidas são normais, dão o tempero. O anormal é serem crônicos.

4. A mente é nosso maior inimigo se não soubermos educá-la.




domingo, 31 de outubro de 2010

Rápidas para votar com uma boa ideia na cabeça....





1. Cerveja boa é a paga pelos amigos.

2. Quem bebe pouco padece no pagamento da conta.

3. A tristeza é um degrau para felicidade.

4. Não há recompensa sem dedicação.

sábado, 30 de outubro de 2010

Manda uma pinga...

1. No direito nada se cria, tudo se copia.

2. O pensamento ainda é o grande trunfo do ser humano, enquanto não for tributável e passível de prisão.

3. O que passa de razão nos homens falta nas mulheres, e vice-versa em relação a emoção.

4. No serviço público ser competente é sinal de burrice, pois você trabalha mais e ganha o mesmo de quem não trabalha nada. Isso é ou não ser burro?

5. Para alguns, viver sem litígio é morrer paulatinamente.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Desce mais uma...

1. Quem não tem consideração com os que lhe amam, não merece o amor devotado.

2. A dedicação só é reconhecida por aqueles que sabem seu significado.

3. O amor não se mede pelo preço do presente, mas pelo significado que a pessoa que lhe dá tem na sua vida.

4. Amor com preço não é amor, é mercadoria.

5. A beleza é diretamente proporcional ao teor de álcool ingerido. 

Agora traz uma "Devassa Morena"...


1. Quem vive uma vida plena de amor e paixão, não tem sofrimento na alma, não padece do coração...

2. Viver no amor não é somente dedicar-se ao outro, mas amar a vida, o mundo, o trabalho, a si próprio...

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Depois de tomar todas e mais algumas, a gente lembra que...




1. Qualquer semelhança da imagem ao lado com alguma ex-mulher é mera coincidência...Que Deus nos proteja!!!!

2. Tem gente que faz de tudo para causar o mal aos outros, a sorte é que o mal é como bolinha de borracha, bate e volta...

3. Se as pessoas entendessem que fazendo o bem ao outro estão fazendo a si mesmo, as relações humanas certamente seriam bem diferente.

O papo está bom, mas vamos pedir um tira-gosto...

1. A mentira acorrenta, enquanto a verdade liberta.

2. Quem perde tempo pensando em problemas nunca encontra a solução.

3. É uma pena quando o amor sede lugar para resignação e a vida a dois se torna mera conveniência.

4. Na verdade, mentira não tem perna curta, mas um pé grande que deixa um rastro inconfundível...

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Vamos abrir uma nova conta. Manda uma "Devassa" loira pra começar...

 
1. A pior coisa na vida é decepcionar-se consigo e ver que os erros cometidos são de sua única responsabilidade.

2. Se no diálogo está a solução dos conflitos, não se pode fazer dele um monólogo.

3. A mentira é como erva daninha, começa pequena e aos poucos, por ser fácil de ser disseminada, toma conta de tudo e todos, até ser descoberta e combatida com veneno.

4. Não adianta viver a vida achando que todos vão perdoar nossos erros. O importante é lutar para não errar, pois o tempo não volta atrás para se consertar os erros cometidos ao longo do caminho.